Casa de festas infantis indenizará por má prestação de serviços

Compartilhe os Direitos!

Clique Aqui e Veja Como Se Defender!

Advogado Explica Como Você Deve Defender Seus Direitos Agora!

A 2ª Turma Recursal Cível do RS manteve indenização para cliente que recebeu serviço insatisfatório da empresa contratada para o aniversário de um ano do filho. O valor por danos morais foi fixado em R$ 1,5 mil.

Caso

A cliente narrou que pagou cerca de R$ 4 mil para a realização da festa, mas os serviços não foram realizados conforme contratado: as massas não foram servidas, os salgadinhos e bebida tinham reposição demorada, as cervejas estavam quentes.  Juntou e-mails após o evento, manifestando a insatisfação com os serviços.

A ré Patuscada Casa de Festas alegou que depois de passar os escondidinhos, concluiu que não haveria interesse dos convidados em comer massas, por isso não foram servidas.

Condenada a pagar R$ 1,5 mil, a ré recorreu da decisão, proferida no 2º Juizado Especial Cível de Porto Alegre.

Recurso

A relatora, Juíza de Direito Ana Claudia Cachapuz Silva Raabe negou o recurso, mantendo o valor da indenização em R$ 1,5 mil, considerando adequado o valor. Destacou que a insatisfação da autora ficou comprovada pelos e-mails trocados com a empresa e que testemunhas comprovaram a má qualidade do serviço, configurando o dano moral.

“De fato, o serviço de alimentação é uma das preocupações de quem realiza uma festa”, afirmou. “Por isso, não é de ser desprezada a manifestação de desconforto e incômodo havida.”

Os magistrados Alexandre de Souza Costa Pacheco e Vivian Cristina Agnonese Spengler acompanharam o voto da relatora.

Processo: nº 71004970927.

Autora: Júlia Bertê – TJRS.

Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend.

Envie suas dúvidas agora mesmo:

 

 

Casa de festas infantis indenizará por má prestação de serviços
Você pode avaliar?

Você quer comentar?

%d blogueiros gostam disto: