Bancário com cargo de chefia

Você compartilha o bem?

O bancário em cargo de chefia, de direção, de gerência, de fiscalização, de confiança ou qualquer outro equivalente (independente do nome dado pelo banco), deve receber uma gratificação de função de, no mínimo, a 1/3 a mais do valor de seu salário (§ 2º do art. 224 da CLT).

Se efetivamente o bancário não é chefe, ele deverá receber como extra todas as trabalhadas acima de 6h por dia (inciso II da Súmula 102 do TST).

Assim, a hora extra deverá ser paga com acréscimo de, no mínimo, 50% do valor da hora normal do trabalhador.

Autor: Dr. Alex Tavares.

Você pode avaliar agora?

Você pode comentar agora!